quinta-feira, 1 de outubro de 2015

Um conselho para o seu casamento ser vitorioso


Se você seguir os conselhos que o mundo e as novelas dão, seu casamento não será vitorioso

Nas lutas pessoais, que você enfrenta, problemas em sua vida e no seu casamento, consagre-se a Maria, mesmo que a pessoa com quem você se casou nem queira saber disso. Consagre-se a Nossa Senhora. Ela será a vitoriosa no seu matrimônio. 
Devo dizer que a guerra no casamento tem sido cada vez mais terrível! Não é possível vencer se não se colocar ao lado dela, sob o seu manto de mãe. Consagre o seu casamento a Nossa Senhora. Talvez como você nunca tenha feito! Consagre o seu casamento para que ela seja a vitoriosa.
Um_conselho_para_o_seu_casamento_ser_vitorioso

 


E se, o problema for com os filhos?


Talvez o problema seja com os seus filhos. Você os está perdendo e não sabe o que fazer. Humanamente, não há o que fazer. É a mesma receita. Consagre-se a Nossa Senhora! Depois, consagre cada um desses filhos a ela. Pegue o seu terço, comece a rezar e progrida até que consiga rezar o Rosário pelos seus filhos.

Mãe, a receita é esta: dobre os joelhos! Não tenha medo de criar calos neles. É muito mais belo ver os filhos salvos do que ter joelhos bonitos. Você pode ter joelhos bonitos, mas filhos se perdendo. Dobre os joelhos! Porque a única coisa que o demônio não faz é dobrá-los [joelhos].

Quando você dobra os joelhos, está reconhecendo, diante de Deus, a sua incapacidade, a sua impotência. Você demonstra que, sozinho, não é nada. Se nessa luta para salvar os seus filhos, sua família, seu casamento, seu você sente a sua incapacidade, sua total impotência, reze o terço. Sim, porque o demônio tem ódio do santo terço e é obrigado a bater em retirada.

Sou o esposo, e não sei o que fazer?


Aos homens também declaro que, nesta luta, para salvar os seus filhos, a sua família, é preciso dobrar os joelhos, porque o demônio nunca faz isso. Quando dobramos os joelhos, estamos confessando diante de Deus a nossa incapacidade. Ao mesmo tempo, estamos proclamando o poder, a onipotência que Ele tem, porque para Ele nada é impossível.

Estamos declarando, ao mesmo tempo, a onipotência suplicante da Virgem Maria, a quem somos consagrados. Digo-lhe mais: a grande vitória nas suas lutas pessoais, nas lutas pela sua família, pela salvação do seu casamento, pela salvação de seus filhos, a sua vitória se dará com aquela a quem aprendemos a saudar desde criança: A Virgem Maria, mãe de Deus e nossa.

Monsenhor Jonas Abib
Fundador da Comunidade Canção Nova

3 comentários:

  1. Linda oração eu conheci blog por providências do senhor.Obrigada Deus.

    ResponderExcluir
  2. Linda oração eu conheci blog por providências do senhor.Obrigada Deus.

    ResponderExcluir